2015-06-12

Tumbling down the rabbit hole

Agora que voltei a ter que usar o metro, vou presenciando histórias todos os dias. Umas repetidas (já dizia o Dr. House: "People don't change"), outras novas (para mim). Uma tendência que já reparei é que o pessoal agora refugia-se no telemóvel para não ter que enfrentar o mundo solitário dos vidros da carruagem.

Campo Grande -> Saem 3 ou 4 pessoas, entram cerca de 10 pessoas. Dessas 10, 9 sacam do telemóvel e ainda antes das portas fecharem já estão imersos a folhear o Facebook com o dedo à espreita de novidades.

Olho para aquele espetáculo e penso para comigo: "Tenho que fazer um post sobre isto". É que não é só o facto das pessoas entrarem no metro e mergulharem no mundo do telemóvel. As pessoas mergulham nesse mundo EM TODO O LADO.

Vão sair com os amigos -> Sacam do telemóvel
Vão ao cinema -> Sacam do telemóvel
Vão jantar -> Sacam do telemóvel

Confesso que ainda me faz impressão. Sacam do telemóvel a toda a hora e a todo o momento.
E sim, eu tenho um telemóvel com capacidade de aceder ao Facebook, se quiser. Mas a internet nele esstá desligada, sempre. Se quero aceder à net, faço-o em casa ou no trabalho.

9 comentários:

Urso Misha disse...

Ando de carro e vejo isso no carro, nos semáforos, engarrafamentos e às vezes até com o trânsito a andar...

Linda Porca disse...

O bom do House também dizia "Everybody lies" :P

Mas sim, é aflitivo. Já ninguém vê ninguém.
E há quem valha a pena ser visto.
:P

Sci disse...

Nas saídas com amigos, cinema e jantar confesso que também me faz uma certa confusão... Já nos transportes públicos até agradeço. Enquanto estão agarrados ao telemóvel não vão a falar alto ou a partilhar os seus gostos musicais com quem não quer ouvir ;)

grassa disse...

Concordo plenamente contigo. As pessoas de bom senso vão à internet no trabalho. Como Deus sempre quis.

Jedi Master Atomic disse...

Urso Misha -> Multa neles :P

Linda Porca -> É terrivel, não é? :P

Sci -> Bom ponto de vista

grassa -> Em casa principalmente. No trabalho quando precisam de preencher algum tempo morto :P

Estudante disse...

Tens toda a razão, infelizmente. Eu acho que o facto das pessoas não conseguirem estar apenas sentadas, ao lado de outras pessoas sem fazer absolutamente nada, revela uma grande insegurança.

Jedi Master Atomic disse...

Estudante -> Não digo que seja sem fazer absolutamente nada, pois há coisas engraçadas que se podem fazer à pessoa sentada ao nosso lado :P

Tiago disse...

A situação para mim pior é quando estão no trabalho, descansam os olhos quando fazem uma pausa, mas hei... sacam do telélé e vão ao face... olhos sempre postos num monitor, porque sim, é melhor estar com os olhos no monitor do que estar um pouco a falar com os colegas...

Que bruta (muito mais ainda do que é hoje) será a sociedade portuguesa daqui a uns anos...

Fã da TV e Cine disse...

Habitue-se. Veio para ficar, é a modernidade. Ou, se preferir, a tirania subtil do facebook e uma prova de como este conquistou o mundo (existem mais pessoas a dizer que acedem ao facebook do que as que dizem que acedem à internet, sendo que um não existe sem o outro, significa que as pessoas não exploram o restante potencial da internet porque só usam facebook).

Se quiser ficar com uma ideia agradável, toda esta geração vai sofrer, seriamente, de problemas de pescoço e coluna. Basta observar aquela curvatura, em todos os pescoços ocupados com os telemóveis. Não é preciso ser cientista para adivinhar qual vai ser a doença do século, que vai aumentar substancialmente nos próximos anos.