2015-01-14

A estupidez da gravidez

Diz-se por aí pela internet (essa grande malandra, mas grande companheira de desabafos) que quando uma mulher está grávida, produz certas hormonas que diminuem a sua própria capacidade cerebral, tornando-as mais "burras".

Se isto for verdade, já percebi o porquê das pessoas mais inteligentes serem as que menos querem engravidar :P

10 comentários:

Mushroom disse...

Andas a ver se arranjas problema com uma série de mães e mulheres grávidas cheias de hormonas alteradas???
Run Jedi run... =P

grassa disse...

Isso é um estereótipo grotesco, um mito machista e uma ofensa à lógica factual.

Toda a gente sabe que elas não precisam de estar grávidas para serem burras.

Pippa Coco disse...

Isso é o que te têm dito para não quererem engravidar de ti? :P

(Jedi, teve que ser. Desculpa. Mas como ex-grávida, tive que defender a honra da classe a que já pertenci. Amigos na mesma?)

Pusinko disse...

Vinha toda lampeira fazer uma piada relativa a este post quando me deparo com a da Pippa Coco. Tivera eu chapéu e tirar-lho-ia. Muito bom :)

(Dito por uma nunca grávida até à data e sem planos para tal a curto/médio prazo.)

maria umbelina disse...

Não acho que a gravidez as torne mais burras, mais emocionais talvez, afinal estão perante um turbilhão de emoções e de hormonas.

Jedi Master Atomic disse...

Mushroom -> Vejamos :P

grassa -> hmmmm

Pippa Coco -> Não, é o que eu lhes digo quando elas me pedem para as engravidar :P

Pusinko -> Tu, não ter um chapéu na cabeça????? Isso é porque não és tu, então :P

maria umbelina -> Ide ler sobre o assunto, ide :P

Sci disse...

Com esta abordagem já deves ter uma multidão de mulheres aí a gritar “Jedi faz-me um filhoooo!!, não?

Mas aplicando aqui uma lógica (a da batata serve), “se isto for verdade”, todos nós nascemos de mulheres “burras”, uma vez que engravidaram. E como também há estudos científicos que defendem que a inteligência é geneticamente determinada pelos cromossomas maternos, podemos concluir então que somos todos “burros”. Não aceitando esta lógica, existe o consolo de que, na verdade, os estudos apenas relacionam as hormonas da gravidez com uma ligeira diminuição da memória e concentração, que obviamente passa depois de alguns meses, e assim sendo, podemos ser todos filhos e filhas de mães inteligentes :p

Pusinko disse...

Ainda bem que me conheces a esse ponto :) E tens razão mas, em minha defesa, não estava nem de chapéu nem de boina quando li o comentário.

Estudante disse...

Humm... nunca tinha ouvido essa :P e parece-me muito injusto que se diga uma coisa dessas!

Jedi Master Atomic disse...

Sci -> A lógica da batata, se for a murro, ainda se come :P

Pusinko -> You should be ashamed of yourself :P

Estudante -> Engravida e depois falamos. Já tenho aqui uns testes para te fazer nessa altura :P