2014-03-30

Pelo sim pelo não

Os pêlos são a coisa mais básica e necessária do corpo humano. Servem para proteger a pele, principalmente e depois como efeito decorativo. Mas também podem ser uma irritação constante. Vocês sabem do que eu estou a falar, oh praticantes de sexo oral :P

Porque há pessoas que são muito amigas da natureza e gostam de cultivar bosques e florestas em todo o corpo e outras que são mais alentejanas e preferem as planícies totais (culturistas, olááááááá :P).

Nos homens é bonito de se ver uma floresta mais densa a cobrir o mapa, mas nas mulheres o alentejo é uma visão mais bonita, especialmente se for na parte da cara (sim, em cima do lábio superior especialmente, ok? :P).

2014-03-13

1 ano tem quantas semanas, mesmo?

Este mês de Janeiro que passou ía alegremente ver um filme quando a senhora da caixa de pagamento me diz:

Senhora: "Ah, o seu cartão Zon Card já não lhe permite ter mais descontos para este ano"
Jedi: "Hein??? Mas o ano ainda mal começou !!!!"
S: "Sim, mas não é o ano civil, é o ano de contrato que você tem com a Zon"
J: "Aaaahhhh !!! Penso que é a 1 de Fevereiro que iniciou o meu contrato"
S: "Pois, diz aqui que você já excedeu os 52 filmes por ano que o cartão permite em descontos"

Fiquei a pensar naquilo. Porra !!!! Eu vi 52 filmes num ano....LOOOOOOL....ganda besta que eu sou!!!!
Isto dá 1 por semana. Ora, eu sei que não vi 1 por semana. Mas houve semanas em que vi uns 3, portanto a conta até deve bater certa.

E é aqui que eu me sento na cadeira, olho para as pessoas nas outras cadeiras e digo: "Olá. O meu nome é Jedi e sou cinemólico."

2014-03-07

O espacinho

Já devem ter reparado que quando alguém se vem sentar numa mesa ao lado da vossa e se essa mesa estiver colada à vossa, há sempre aquele gesto de puxar um pouco a mesa para afastá-la da nossa. Ora, isso sempre me intrigou a nível psicológico.

É engraçado de ver as pessoas completamente incomodadas quando não conseguem separar a mesa e bastante confortáveis quando está separada, apesar de estarem apenas com 10cm de diferença. Psicologicamente tem uma força impressionante.

E qual será a distância mínima para a pessoa ficar confortável? 1cm? 5cm? 10cm? loool

Isto é agravado quando estão com uma pessoa que, por alguma razão, não consegue falar baixo. Tinha um colega na faculdade que era assim. Ele desconhecia o conceito de SUSSURRAR.

Eu: Hey D., percebeste o que o prof. disse?
D.: Não percebi, não.
Eu: Epa, fala mais baixo senão o prof. ainda nos ouve.
D.: Vou tentar.
Eu: Epa, ía-te pedir outra coisa, mas deixa lá.

lol

2014-03-04

Modernices

Ouvi no outro dia no programa "Prova Oral" do Fernando Alvim, um ouvinte que ligou para lá a dizer que "...isso de querermos copiar as modernices dos outros países mais desenvolvidos...". Como tinha acabado de ligar o rádio nem sequer sabia do que é que se estava a falar. Pensei logo que fosse algo do género de algum produto ou de algum sistema de ensino, etc...

Mas não. O senhor continuou a falar: "...essa coisa dos miúdos poderem ser adotados por 2 homens........já viram o que é a vergonha que têm que passar na escola.........então os miúdos não podem ser educados pelos pais originais porque ou não têm condições financeiras ou porque tiveram o miúdo por descuido e agora os homossexuais vão estar a roubar hipóteses aos heterossexuais????"

Eu estava incrédulo a ouvir isto e, embora não tenha visto a cara do Alvim, transparecia pela forma como ele respondeu ao senhor (meio a gaguejar) que também estava incrédulo. Mas o senhor continuou: "...porque se querem trazer essas modernices dos países mais desenvolvidos onde há liberdade para fazer isso tudo, então porque não dar liberdade noutras coisas, como a legalização de canabis que até pode ser usada como fim medicinal..."

Aqui eu parei e pensei logo: "Aaaaaaahhhh, tu deves estar sob o efeito de drogas, mas não das leves. Já percebi tudo."

E o senhor continuava: "...vamos então atacar o problema onde ele começa. Em vez de trazer as modernices para cá, porque não dar mais dinheiro às famílias para poderem criar os filhos, em vez deles terem que abandonar as crianças para adoção?"

Eu podia dar a minha opinião sobre isto tudo e comentar a linha de pensamento desta pessoa, mas.....é mesmo preciso?