2012-10-26

Check please



Este é um assunto recorrente, especialmente desde que a mulher passou a poder ganhar o seu ordenado e pagar as suas próprias contas. Então aqui vão alguns cenários que gostava que me respondessem em relação ao "pagar a conta". Em cada cenário gostava que dissessem: se deve ser o homem a pagar, se deve ser a mulher ou se se deve dividir 50-50.

1º Conheceram-se online e falaram bastante pelo chat, até que o homem saiu da casca e convidou a moçoila para um encontro, ao que ela respondeu afirmativamente. Foram a um cafézinho e depois de muita conversa animada, veio a conta de €5. Quem paga? A vossa opinião mudaria se a conta fosse €50?

2º Encontraram-se a 1ª vez porque estavam num grupo de amigos comuns, num aniversário de um deles. Depois disso só se voltaram a encontrar noutras ocasiões onde estavam esse grupo de amigos comum. Até que uma chama acendeu-se e a moça, com toda a lata do mundo, vira-se para o rapaz e pergunta: "Queres combinar um cafézinho para amanhã?". Eles trocam contactos e no dia seguinte encontram-se no café. Infelizmente a chama que se tinha acendido, depressa se apagou e a moça não se sentiu atraída pelo rapaz. Quando chega a conta de €5 quem paga? A vossa opinião mudaria se a conta fosse €50?

3º Estão 2 amigos a falar alegremente num café, quando de repente um deles cruza os olhos com uma autêntica medusa, que o petrifica instântaneamente (muito melhor chamar medusa do que avião, não é? lol). Ao fim de alguns instantes o efeito pedra vai desaparecendo e ele consegue discernir um olhar de interesse da parte dela. Pede "uns segundinhos" ao amigo e lá vai ele, como um íman, na direção dela. Mete conversa de circunstância e ao fim de um tempo convida-a para um café noutro dia, visto que hoje está com o amigo. No dia do café ele vê-se obrigado a cancelar a combinação devido a uma morte dum familiar próximo. Então a moça sugere um novo dia e assim fica. Nesse dia, finalmente, encontram-se e no final da noite já existe uma grande paixão entre eles. Chega a conta de €5 e....quem paga? A vossa opinião mudaria se a conta fosse €50?

2012-10-22

Estranhices

Aproveitando um post da mãmã peep-toe (salto alto?) cujo blog de repente desapareceu e não se sabe muito bem porquê. Are you alive????

Ela diz que acha estranho quando alguém nos liga e ainda pergunta quem fala. O que é verdade, pois se a pessoa nos ligou é suposto saber quem somos, certo?
Vou transportar isto para o mundo do Facebook. Há cenas semelhantes que me deixam a pensar se as pessoas pensam no que fazem:

1ª- Mandarem-me convite de amizade, eu não saber quem é e mandar uma mensagem a perguntar: "Olá, vi que me enviaste um friend request. Quem és tu?", resposta "Não te conheço. Porque é que estás a falar comigo?"......a conversa a partir daqui passou para o reino do surreal, portanto nem me dou ao trabalho de a postar...lol

2ª- Escreverem um post no wall com um convite para sair ou jantar, quando era só dirigido a mim, portanto, privado. ?!?!?!? Agora ninguém pode escrever no meu wall.

3ª- Não responderem a mensagens, mas responderem a toda a gente que lhes escreve no wall. Será que esta tem a ver com a 2ª ? Alguém que saiba que me responda.

Já me aconteceram todas. Parece que às vezes dá uma travadinha nas pessoas...looool

2012-10-15

Grandes empregos

Conversa no skype:


Eu
Gollum: Give me the precious.
Samuel L. Jackson: I'll give it to you motherfucker, up your ass.

Grassa
There are some motherfucking hobbits in the motherfucking Isengard.

Tiago
One Ring to rule them all.
One Ring to find them.
One Ring to bring them all.
and in the DARKNESS bind them!

Eu

Say "Ring" again motherfucker.
I dare you.
I double dare you.

Grassa
a penis ring?

Eu
What country are you from?
They speak English in Isengard?

Tiago

I'm from Valinor...
I'm the son of Morgoth.
I'll defeat you all.

Eu
Valinor parece nome de medicamento.

...e assim continua a nossa conversa educativa. Trabalha-se bem aqui, não é?
E tudo começou com este pequeno vídeo:

LOL


2012-10-08

O caçador e a presa



Isto não é um post sobre a selva. Ou melhor, é. Mas não sobre a selva natural e sim sobre a selva de pedra que é aquele antro chamado discoteca.

Dentro da discoteca podemos observar todas as técnicas de caça (and then some) e todas as técnicas de fuga. Desde os verdadeiros mestres que ao 1º tiro conseguem a matança aos que nem esvaziando a arma conseguem arranhar a presa.

Existem as técnicas clássicas como o oferecer bebidas (coisa que nunca percebi porque é que funciona) como as menos convencionais (que são as que mais aprecio) como distrair a presa fazendo-a rir ou até mesmo lançando umas frases criativas na forma de insulto (lol).

Há presas para todos os gostos. As que gostam de ser caçadas, as que passam o tempo a fugir dos caçadores, as que têm um escudo protetor impenetrável e que nem com uma basucada se vão abaixo, as que se protegem com outros caçadores e a classe mais difícil de caçar, as empregadas. Esta última classe tem um escudo protetor diferente, pois não só as protege contra ataques, como tem a capacidade de criar ilusões (como o Mandrake), fazendo com que o caçador pense que está a conseguir vencer, quando na realidade nem lhe acerta.

E porque é que isto é bom? Porque se conseguirem que alguns caçadores por ali fiquem a tentar caçá-las, significa que não vão estar a perseguir outras presas, não as afugentando. Em último caso têm sempre um recurso extra, em caso de perigo podem chamar os gorilas protetores. Essa espécie que vive na selva é lixada, porque não precisa de dormir, não precisa de se alimentar e é uma máquina de destruição devastadora (watch out).

Mas mesmo apesar disto tudo, o ecossistema nunca sobreviveria se só tivesse caçadores ou só tivesse presas.

2012-10-01

As férias

O estado quer cortar os 5 dias de férias extra que os seus empregados têm direito quando têm um "Excelente" na sua avaliação anual. Eu diria que isso é parvo, porque não só vai tirar a motivação para trabalhar para um "Excelente" (sim, eu sei que muitas das avaliações são "encomendadas") como não tem qualquer efeito prático.

"Mas oh Jedi, não tem efeito prático porquê? Eles vão ficar com 5 dias a menos do que tinham."

Pois vão, mas podem sempre compensá-los fazendo greve !!!