2012-02-23

NaCl



Já por aqui se falou de vários assuntos homem/mulher. Hoje vou abordar a parte química (como se fosse um grande entendido na matéria). Vou responder à eterna questão: "Porque é que aquele(a) fulano(a) parece sem sal a uns, mas a outros parece o centro do mundo?"

E vou começar precisamente por analisar a parte básica. O SAL !!!
O que é isso de ter sal? Porque é que se usa esta expressão? E o que fazem os hipertensos perante isto? lol

Há pessoas que gostam do aspeto, do olhar, do sorriso da outra pessoa e é isso que as aproxima ou afasta. Usam isso em toda a sua vida e em quase todas as interações que têm com os outros. As memórias mais fortes que têm são sempre de como estava vestido, a cor do cabelo, ou como era bonita a praça onde estavam sentados, ou como o sol brilhava, etc...Isto não significa que sejam pessoas futeis, por se regerem tanto pela imagem. Isto significa que são pessoas visuais, ou seja, que o meio primário é a imagem.

Há outras que não ligam tanto a isso. Gostam de sentir o cheiro, o toque, a temperatura. Gostam de cumprimentar as pessoas com abraços, de lhes tocar constantemente, de sentir as suas reações. Todas as suas interações são baseadas nisto. Aquelas pessoas que tiverem uma pele "agradavel" ao seu toque e que se deixem ser tocadas, ganham muitos pontos com estas pessoas e ficam à frente na corrida pelo seu afeto. Estas pessoas que se regem pelo tato e olfato são chamadas de cinestésicas (acho que é assim que se escreve).

Finalmente há as que, como eu, regem-se pela audição como sentido primário. Gostam de chegar a um grupo de amigos e mandar para o ar, bem alto, "Méquié !!!". Precisam do som, de ritmo, de musica e transformam tudo em musica, som e ritmo (lembram-se de há 2 posts atrás eu enunciar os meus qualidefeitos?). Exemplo: Lembro-me exatamente que música estava a dar no intervalo da última sessão de cinema que fui ver (aquela da Rihana e do Eminem) e lembro-me que não estava demasiado alta, mas não me lembro se a sala estava muito suja, ou se havia luzes avariadas. A estas pessoas, o que atrai (e afasta) nos outros é mais a voz, o pitch da voz, a forma como fala, as palavras que usa e a entoação com que as usa.

Por isto, para uns, o sal é cloreto de sódio e para outros é algo que se põe numa ferida para afastar uma sanguessuga. lol

9 comentários:

Mamã de Salto Alto disse...

Tens bom ouvido tu..........

Jedi Master Atomic disse...

Mamã -> Tenho 2 :P

Poison disse...

É tudo uma questão de paladar portanto! ;)

Sairaf disse...

O sal é bom para temperar as qualidades das pessoas mas os defeitos dão o sal às relações!!!
Profunda esta frase... agora tem cuidado com o sal nas feridas que isso é coisa para doer.
Abraço :)

Jedi Master Atomic disse...

Poison -> Exato :P

Sairaf -> O sal nas feridas também faz as pessoas crescer :P

MC disse...

Olha que gostei deste post...vou ali ao meu blog publicitar. Concordo.

anokas tokas disse...

Ora aqui está a verdadeira explicação. É tudo uma questão de sentidos.

Jedi Master Atomic disse...

MC -> Olha que a publicidade paga-se :P

anokas tokas -> Pegando da tua frase, eu diria que este post faz "sentido" :P

Maria Pitufa disse...

o que eu aprendo contigo!