2011-08-01

O MEU lugar é só MEU e de mais ninguém

Há uma coisa que me intriga......muito !!!
Nas sessões de cinema em que a sala tem pouca gente, há pessoas que precisam, têm e necessitam fortemente de ficar sentadas no lugar exacto que marcaram. Esse lugar até fica colado a outras pessoas e não há mais ninguém naquela fila, mas eles precisam, têm e necessitam fortemente de se sentar ali. A fila de baixo está vazia, a fila de cima está vazia, mas não, eles precisam, têm e necessitam fortemente de se sentar ali, porque foi o lugar que marcaram e, consequentemente, é impossível sentarem-se noutro sítio....fisicamente e quimicamente não dá....era necessária uma variação quântica da constante universal da gravidade para que isso pudesse acontecer, mas como somos meramente mortais, não temos meios para fazer isso acontecer. Ainda !!! Mas havemos de ter !!!

Se alguém ao ler este post lhe servir a carapuça e se sentir ofendido pelo mesmo (tem que ser as 2 coisas ao mesmo tempo), estas palavras seguintes são para vocês: Ainda bem !!! Vão-se lixar, ok?? lol

18 comentários:

Mushroom disse...

É lixado sim! Mas também é lixado quando a sala está uma confusão e tu chegas ao teu lugar e ele já está ocupado, simplesmente porque toda a gente decidiu sentar-se no lugar dos outros! É o outro lado da moeda!

Jedi Master Atomic disse...

Mushroom -> Aqui não há lados. Eu disse no post "...em que a sala tem pouca gente" :P

Cat disse...

E os velhotes nos autocarros?! GOSH!

Daniela Pereira disse...

ahahaha não vez que eles têm medo que apareça o dono do outro lugar e pumba têm que se levantar a meio da sessão. eu muitas vezes sento-me no sitio, mas se vejo que a sala não enche também mudo LOL

Jedi Master Atomic disse...

Cat -> Não percebi. Nos autocarros não há lugares marcados. Enlighten me, please :P

Daniela Pereira -> Com a sala com pouca gente, o dono do outro lugar pode ir para outro lugar :P

Petra disse...

que tontice.... necessidades um bocadinho obsessivas...

Sofia disse...

Não podia deixar de comentar.
Concordo plenamente contigo! Irrita-me profundamente quando a sala está completamente vazia e alguém tem a coragem de se sentar exactamente ao meu lado..Só apetece perguntar: -"Está-me a ver com cara de quem quer partilhar o encosto do braço consigo?" Ahahah

Jedi Master Atomic disse...

Petra -> loool...é o que me apetece dizer quando a pessoa se senta ao meu lado.

Sofia -> Isso depende. Se fores gira eu vou-me sentar ao teu lado com a sala vazia...LOL :P

...Ju... disse...

Isso aconteceu me muito recentemente. Uma sala (quase) vazia) pois veio toda a gente sentar na minha fila e nos lugares imediatamete atrás e à minha frente! Arre! estariam com frio? :P

Cat disse...

Não há lugares marcados?! Só se for nos urbanos da Carris. Viagens de longo curso há. Em todos. Podem ir só meia-dúzia de pessoas num autocarro de 50 lugares mas se chega um velhote e estás sentado no dele, ele obriga-te a mudar. Believe me.

Jedi Master Atomic disse...

Ju -> És uma mulher quente :P

Cat -> Aaaaaaaaah nesses. Sim sim, tens total razão, este post também se pode aplicar aos autocarros de viagens longas sim senhor ;)

José Piçarra disse...

Uma vez, eu e a patroa estávamos numa sessão de cinema. Na sala estavam oito pessoas... um total de quatro casais! Entretanto chegou um senhor que tinha lugar marcado mesmo para o meu lado. O senhor chegou até junto de nós, olhou para mim, disse "com licença" e sentou-se.

Ficámos um pouco incomodados... Ou algo desse género. Mas tive um bocado de vergonha de mudar de lugar. E o senhor também. A solução foi abstrair-me.

Jedi Master Atomic disse...

Zica -> looool....como eu já estou batido nisto, mudo sempre de lugar cada vez que me fazem isso numa sala com pouca gente. Mas percebo-te, no inicio também não tinha coragem.

Petra disse...

Jedi: e se tiverem piolhos? hahhahhah

Jedi Master Atomic disse...

Petra -> Se tiverem piolhos é mais uma razão para me afastar das pessoas :P

Alexandra disse...

Para que servem as marcações, Sr. Jedi? Para que existem? Para que são feitas?

Cambada de desregrados!

Patrícia disse...

Já por isso é que costumo começar por sentar-me no meu lugar e só depois, se estiver pouca gente, mudo ou não. Há pessoas que implicam muito com isso.

Afal disse...

E nos autocarros?! Já vi grandes discussões nos expressos por causa dos lugares. Ao ponto de já ver pessoas a levantarem-se e trocarem de lugar só para não terem de ouvir mais nada, de tão fartas que estão.