2010-02-03

Fraude Paternal

Voltei à actividade blogueira e logo com um assunto polémico.
Meus senhores e minhas senhoras......isto éééééééééééé......a Fraude Paternaaaaaaaaaaal !!!!
E perguntam vocês: O que é a fraude paternal?
Ainda bem que perguntaram. A fraude paternal é quando uma mulher tem um filho que não é do homem com quem está casada e não lhe diz nada, registando-o assim como pai da criança.

Para variar, os EUA são o país com o maior numero de casos. Chega aos 300 mil por ano !!! O numero é assustador. Cerca de 30% dos testes de ADN que são feitos para confirmar a paternidade, dão resultados negativos. Assustador ao quadrado !!!

Qualquer dia, passa a ser obrigatório por lei fazer um teste de paternidade durante a gravidez da mulher.

Eu quero aqui abordar um caso que vi no programa do Dr. Phil (sim eu vejo isso e gosto). Resumindo a história: uma mulher teve 2 filhas com um homem enquanto eram casados. A 1ª filha era dele e a 2ª não. A esposa não disse nada porque, obviamente, tinha tido um caso extra-conjugal. Passados 9 anos eles divorciaram-se e as filhas ficaram a viver com a mãe, mas ele continuava a pensar que elas eram dele e continuava a dar-se bem com todos.

Uns meses depois, ele arranjou uma nova mulher, que ao ver uma foto da 2ª filha lhe disse que ela não se parecia nada com ele e que ele deveria fazer um teste de ADN para confirmar se era o pai. Ele não chegou a fazer porque quando disse à ex que o ía fazer, ela chibou-se toda e contou-lhe a verdade. Ele, cheio de raiva, cortou relações com a 2ª filha e saiu da vida deles, continuando apenas a falar e a sair com a 1ª filha.

Mas há mais, ele perdeu em tribunal a acção da pensão de alimentos que a ex lhe pôs. Portanto, o tribunal continua a obrigá-lo a pagar a pensão apesar de estar provado que a filha não é dele.

Ora bem, gostava que houvesse aqui uma espécie de mini-debate sobre os 2 lados da questão:
1º - Terá ele que pagar apesar da filha não ser dele?
2º - Ele viveu 9 anos com a filha e amou-a, brincou com ela e criou-a como um verdadeiro pai. Isso não o obriga a pagar?

Vamos lá malta. De que lado estão? Conseguem argumentar pelos 2 lados? Debatam :P

19 comentários:

Diaboderoupacurta disse...

Para já não percebo o porquê de ter deixado de falar com a 2ª filha, visto que ela não tem culpa da cabra que a mãe é. Ele devia ter ficado chateado com a mãe, não com a filha.

Segundo: foi preciso a nova namorada dele, dizer que ele não era nada parecido com a 2ª filha? O gajo não tem olhos na cara? Ou, por outro lado, os filhos têm que ser a cara dos pais tipo, copy paste? (sendo assim fui achada no lixo ou importada, porque não me pareço nada com os meus pais!).

É claro que deve continuar a pagar, porque pai não é o que faz, é o que cria e educa. Se o fez durante 9 anos, sem duvidar do verdadeiro parentesco da fedelha, também pode continuar a fazê-lo agora :P

ADEK disse...

Eu vi esse programa e se bem me lembro ele estava mt arrependido de ter deixado de falar com a filha. E não queria pagar a pensão de alimentos um pouco por pressão da mulher actual, right? Sob um ponto de vista legal, não sei até que ponto ele é realmente obrigado a pagar. Sob um ponto de vista emocional, ele É pai da criança! Porquê negligenciá-la daquela forma por algo que soube 9 meses depois? Parece que põe em causa todo o amor que lhe dispensou...

Pinkk Candy disse...

PARA JÁ DIGO:

1º - ele não é o pai, logo não deve continuar a pagar!

2º - ele portou-se muito mal, porque se amasse a menina, não deixava de lhe falar, nem de a amar de um dia para o outro.

3º - talvez ainda se arrependa e volte a falar com a menina.

4º - a mulher actual deve ser mais bitch ainda do que a 1ª, o homem sabe escolher bem as mulheres =P

5º - façam lá o que quiserem, que eu não me importo nada loooollll

XOXO

♥ Guida disse...

Eu acho que a moça não tem culpa do que aconteceu. Muito bem, que o senhor deixe de falar à ex, percebe-se. Mas sempre tratou a suposta filha como tal, o que muda agora? Pai é aquele que ama e cria.


Beijinho

Pinkk Candy disse...

E AINDA DIGO:

tenho pena da menina!!!
sim! *.*
XOXO

Verinha disse...

Pah para mim este é um assunto um tanto ou quanto para o delicado, porque eu sou também estou na situação dessa 2ª "filha".

Eu acho que ele não deve ser obrigado a pagar a pensão de alimentos a uma criança que não lhe "pertence". Claro que se ele gostasse mesmo da criança continuaria a conviver com ela e continuaria a pagar a pensão de alimentos de livre vontade. Mas por lei acho que ele não o deveria fazer.
Concluo que este homem não gosta realmente da "filha".

Mas isto somos nós que não estamos na pele desse homem que conseguimos pensar no moralmente correto. Porque pelos vistos, e falo por experiência própria, devem todos reagir da mesma forma, inclusivé aqueles que não têm 100% certezas reagem assim.
Suponho que talvez seja algum mecanismo do nosso complicado cerebro.

Quanto à mãe, não comento, ás vezes as pessoas cometem erros que são dificeis de assumir perante a sociedade, não estou a arranjar argumento para desculpar a mãe, mas consigo compreender perfeitamente.

Bjks***

Niki disse...

Legalmente não deveria fazê-lo, mas moralmente sim...
Primeiro, custa-me a crer, que uma pessoa que conviveu com uma criança durante 9 anos, consiga ser insensivel ao ponto de cortar relaçoes com ela só porque não é filha. Ela não tem culpa de absolutamente nada, ela é precisamente a vitima na situação. Acho que o está em causa não é a pensão de alimentos, mas sim o amor que ele recusa dar à criança... Sei que a situação nao deve ser fácil para ele, mas e a segunda filha como fica nesta situação?!
Não se nega amor a uma criança... Para mim, ele foi cobarde!
beijinhos*

Rita disse...

Que casos...

Menina do Mar disse...

Então mas para se ser pai agora só se o ADN der positivo? então e o amor, carinho e a educação que ele lhe deu durante 9 anos, esqueceu-os? Assim de um momento para o outro?

Bem legalmente ele não devia ser obrigado a pagar a pensão, mas moralmente devia... isto penso eu..

*

Lia disse...

tenho pena da menina, que não tem culpa da mãe que lhe calhou e do "Pai"...para mim é pai pq foi ele que criou e amou aquela menina durante 9 anos.
Penso que ele não deveria ser obrigado a pagar mas devia fazê-lo por achar bem...

Miss Murder disse...

Eu não sou parecida com ninguém da minha familia... quererá dizer alguma coisa?

Tiago disse...

Não sabendo como são as leis dos EUA e lembrando que eles regem-se de um modo diferente do nosso, ou seja, por casos anteriores, as coisas podem ser vistas sob outros aspectos que não estamos a pensar. Se fosse em Portugal também não sei como funcionaria.

Sabemos que o pai da 2ªfilha é um pai falso geneticamente, mas verdadeiro porque foi registado como tal. Logo, legalmente parece-me que terá que pagar sempre a tal pensão. Moralmente, deveria continuar a pagar a pensão, pois foi pai da miúda durante aquele tempo. A lembrar que estamos a falar de menores e não de adultos.

Se fosse uma outra dívida qualquer e directo à mãe, certamente que o pagamento seria cancelado.

Jedi Master Atomic disse...

DiaboderoupaENXOVALHADA -> Pois o gajo pareceu-me um bocado cretino.

ADEK -> Sim, estava arrependido e queria tentar uma reconciliação.

Pinkk Candy -> Concordo :P

Guida -> Exacto ;)

Verinha -> Estás viva....lol.

Niki -> 100% ;)

Rita -> Comentários.....loool :P

Menina do Mar -> Gostei da tua frase inicial ;)

Lia -> Yep.

Miss Murder -> Quer dizer que, tal como eu suspeitava, és filha do demónio :P

Tiago -> Certissimo

Little Box disse...

Tou com a Pinkk Candy!! xD

P.S. Olhaaa gostei de conhecer 8) LOL

Little Box disse...

*de te conhecer

Ainda não recuperei, está visto! LOL

ci disse...

Deves ter por ai algum filho perdido e nem sabes...loool

Beijo da ci

White Knight disse...

Tudo acontece naquele belo país...

Kikas disse...

isso é de porco! que culpa é que a miúda tem de tal coisa? epá, não estou a falar em pagar ou não pagar, mas não gosta assim tanto da "filha" como parece, senão não o tinha feito. "mãe e pai são quem cria"

Jedi Master Atomic disse...

Ci -> Varios :P

White Knight -> Tudo.....e mais alguma coisa....lol

Kikas -> Certissimo.