2008-01-05

Fumo...Everybody's freeeeeeeeeeeeee

Com que então já havia pessoal com saudades dos meus posts. Cá vai um.

Desde 1 de Janeiro que é proibido fumar em locais fechados. Com algumas excepções, tipo os casinos, os hospitais psiquiátricos, etc.... (A Alexandra saberá melhor que eu).
Em termos práticos o que me interessa é que, nas discotecas e bares com mais de 100m2 já não tenho que gramar com o fumo, nem andar a limpar os olhos nem ter que ir para as varandas para poder respirar e nem sequer chegar a casa com a roupa a cheirar a tabaco. WEEEEEEEEEEE

Tenho a certeza que esta lei teve que atravessar muito lobbie, mas FINALMENTE está a funcionar. O pessoal está com medo que isso vá afectar os negócios, porque os fumadores poderão deixar de ir a alguns sítios para ir a outros. Eu acredito que sim, poderá haver uma queda pequena, mas será temporaria, até a malta se habituar à ideia.

No outro dia ouvi um argumento de um fumador que achava isto tudo um exagero.
"Não percebo estas proibições todas. Vamos todos morrer de qualquer maneira."

LOL

Eu respondi: "Por essa ordem de ideias, vamos todos não trabalhar, porque vamos morrer de qualquer maneira. Vamos matar pessoas porque também vamos morrer de qualquer maneira...etc..."

Digam lá as vossas opiniões sobre esta nova lei.

10 comentários:

Estrellinha disse...

Aquilo que eu mais gosto é de entrar num café pela manha e cheirar apenas a pão quente e a café! Lol
Mesmo assim! Penso que a lei está pouco clara em certos aspectos.

E mais digo! Se existem restaurantes com capacidade para terem espaços para fumadores. Porque não?
É certo que o tabagismo é um vício, mas se formos por essa ordem da lógica qualquer dia proibimos a entrada de jogadores no casino e de alcoolicos em lojas de bebidas.
Enfim...

pensamentosametro disse...

Fumei 3 maços durante 28 anos, há 4 deixei de fumar porque tenho mau feitio sou dona do meu nariz e andava farta da dependência, disse: não fumo mais e assim foi. Esta lei era completamente desnecessária se cada um tivesse o cuidado e o civismo de escolher os sítios onde fumar, mas isso é pedir muito dos Tugas, portanto toma lá lei e aguentem-se.

Bjos

Tita

Nanny disse...

Cala-te monstro galáctico!!!!!

Sabes lá o que sofre um fumador???

Eu não vou mais a restaurantes onde não se possa fumar... não posso fumar? também não posso comer! nem gastar lá dinheiro!!!

Joao disse...

É bem aviada esta leizita sim...dá um jeitão do caramba nao ter de estar constantemente a levar com fumo em cima.

Nanny,

num restaurante come-se, fumar é secundário, a nao ser que se queira ter menos apetite, que é isso que provoca a meu ver...Fumar faz mal e só fazem bem em criar esta lei...é maneira de deixarem de fumar, que seja dificil é, mas ao menos é mais uma tentativa de acabar com fumadores...qualquer dia ainda agradeces esta lei ter aparecido vais ver...

Jedi Master Atomic disse...

Estrelinha,

Cheirar pão quente sim, agora café......blhaaaarc !!! Se fosse chocolate quente....lol

Não tenho nada contra espaços para fumadores. Desde que não sejam no meu espaço...lol


Tita,

Fizeste tu muito bem em deixar de fumar. Quanto à outra parte da frase, isso é completamente utópico. Impossivel de conseguir que toda a gente tenha bom senso.


Nanny,

Sua gata maluca, precisamente por não saber o que sofre um fumador, NEM QUERER SABER, é que ADORO esta lei, estás a topar??? lol


João,

Eu não critico um fumador por ele fumar. Obviamente que fumar nunca será uma decisão inteligente, mas há tantas outras que não são.....

O que eu critico é o facto de EU ter que apanhar com o fumo em locais fechados.

Izzi disse...

Eu também fico muito satisfeita com esta lei. Às vezes, quase que fico com pena dos fumadores, coitados, ao frio...Mas depois quando oiço opiniões iradas dos mesmos (não todos, é verdade...), sem qualquer fundamento, pronto...lá se vai a pena toda. O que é certo é que sem esta lei, a restante população, não fumadora iria continuar a levar com as centenas de compostos que atentam à nossa saúde, saídos do fumo do tabaco e sem discriminação, já que muitos não respeitam o próximo. Não há que generalizar, mas foram mais que muitas as vezes que já levei com o fumo dos outros sem poder fazer nada (como por exemplo nos bares que costumo frequentar e que agora têm um ar novamente respirável). Acho piada a alguns que utilizam a comparação com os alimentos açucarados ou com sal, entre outras coisas que fazem mal à saúde. A questão é que o açúcar a nível de saúde só afecta aquela de quem o consome, o mesmo não se passa com o tabaco... É claro que eu também não sou totalmente tapadinha e sei muito bem que esta lei dá muito jeito porque é mais uma forma de encher os bolsos do Estado. Realmente o que faria mais sentido seria proibir de todo o tabaco, mas acho que isso é que era um pouco-nada radical. O que se devia fazer pelo menos para acompanhar esta mudança na lei era insistir na prevenção e no conhecimento das consequências do uso do tabaco logo nos mais jovens (e não só) - quanto é que não nos custa a nós, contribuintes (bem, eu ainda não sou, mas já estou bem perto disso...) manter e tratar um doente com doença pulmonar obstrutiva crónica, ou um cancro pulmonar (ou outro, já que o uso de tabaco podem estar na origem de vários outros cancros, como o da bexiga, por exemplo...)? Os doentes é claro que pagam, mas o Estado paga muito mais (e aqui podia-se incluir também o abuso nos açúcares e gorduras e sal, etc. - já que a obesidade mórbida ou a diabetes mellitus (cujos doentes se tornam isentos nas consultas, medicamentos e aparelhos de medição de açucares no sangue) também custa a tratar ou a controlar)...Não sou muito a favor de proibições, porque isso não ataca a raiz do problema, mas neste caso, acho que não havia outra saída, pelo menos que desse estes belos resultados.
E também há que dar um pouco de esperança aos fumadores, pois isto de proibição total apenas se vai manter nos espaços mais pequenos. Quando (e quando será isso?) sair o decreto lei (ou como raio se chama) a determinar as condições dos espaços para fumadores (com os parâmetros dos aparelhos que retiram o fumo e renovam o ar, a localização dos mesmos dentro do estabelecimento, as coisas vão mudar um pouco e os fumadores podem voltar para dentro de portas...Ou pelo menos é o que espero (afinal eles também são humanos...lol ;)

P.S.: Pronto Jedi, estás satisfeito!? Primeiro comentário de 2008 no teu blog. Feliz Ano Novo!!!

Jedi Master Atomic disse...

Izzi,

Assim sim, estou feliz :P

Quanto à diabetes tipo 2 e obesidade isso são outras contas, mas geralmente tem apenas a ver com a alimentação da pessoa e não com factores externos de outra pessoa.

Izzi disse...

Só no que diz respeito ao aparecimento e manutenção da doença, porque quando se vai tratar estas pessoas, o dinheiro para o tratamento sai do bolso de todos nós - no caso da diabetes não há cura, por isso imagina o que custa cuidar de um só doente diabético...É claro que muita gente que tem diabetes a tem por consequência genética ou devido à idade, mas muitas vezes ela surge devido a maus hábitos alimentares e isso pode-se mudar...

Alexandra disse...

Weeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!

Nota: Se não podem fumar nos restaurantes, cafés, centros comerciais, bares, discotecas (...) , não culpem a lei.

Culpem o semítico do proprietário que não quis saber do cliente fumador e não criou as condições necessárias para se fumar.

Ah, ao contrário do que apregoam, não são assim tão complicadas e tão dispendiosas. É atirar areia aos olhos (À falta do fumo).

GAIA disse...

pois eu adorei!!!!!!!!!!!!!!!